Mestrado

 

1. Disciplinas Obrigatórias

 

Área de Concentração: Filosofia

 

Dissertação de Mestrado (90 horas)

 

Estágio em Docência (2 créditos, 30 horas - obrigatoriedade para bolsistas)

Ementa: Atividades práticas de ensino na educação superior.

 

Pesquisa de Dissertação I (1 crédito, 15 horas)

Ementa: Atividades de orientação e pesquisa visando à elaboração da dissertação. Nesta etapa, o aluno deverá elaborar a versão definitiva de seu projeto de pesquisa definindo claramente, objetivos, temática e/ou problemática que será analisada e a metodologia da pesquisa.

 

Pesquisa de Dissertação II (1 crédito, 15 horas)

Ementa: Atividades de orientação e pesquisa visando à elaboração da dissertação. Nesta etapa, o aluno deverá elaborar a versão definitiva de seu projeto de pesquisa definindo claramente, objetivos, temática e/ou problemática que será analisada e a metodologia da pesquisa.

 

Pesquisa de Dissertação III (1 crédito, 15 horas)

Ementa: Atividades de orientação, pesquisa e redação da dissertação. O aluno, nesta etapa, deverá se dedicar a redação do texto de sua dissertação. Espera-se que ele redija, pelo menos, um capitulo de sua dissertação, e tenha definido o que pretende abordar nos demais capítulos, de modo que possa estar habilitado a realizar o exame de qualificação.

 

Pesquisa de Dissertação IV (1 crédito, 15 horas)

Ementa: Atividades de orientação, pesquisa e redação da dissertação. Nesta etapa, o aluno deverá ter concluído a redação dos capítulos de sua dissertação.

 

Qualificação

 

Tópicos Especiais de Ética (4 créditos, 60 horas)

Ementa: A disciplina pretende abordar temas pertinentes a Ética, nos mais variados períodos da História da Filosofia.

 

Tópicos Especiais de Teoria do Conhecimento (4 créditos, 60 horas)

Ementa: O curso pretende analisar os principais problemas da Teoria do Conhecimento na modernidade, tomando como referência para este debate, o filósofo David Hume, observando com as diferentes teorias desse autor, acerca do alcance de nossos poderes cognitivos.

 

2. Disciplinas eletivas

 

Atividades Acadêmicas (4 créditos, 60 horas)

Ementa: Atividades curriculares complementares dirigidas à publicação de textos, à participação e organização de eventos científicos e à formação interdisciplinar.

 

Créditos por Publicação Científica (4 créditos, 60 horas)

 

Estudos Especiais I (1 crédito, 15 horas)

Ementa: Estudo de autores e temas da Filosofia definidos a critério do professor.

 

Estudos Especiais II (2 créditos, 30 horas)

Ementa: Estudo de autores e temas da Filosofia definidos a critério do professor.

 

Tópicos de Epistemologia I (4 créditos, 60 horas)

Ementa: A filosofia do assim chamado primeiro Wittgenstein presente no Tractatus lógico-philosophicus é um desdobramento do movimento iniciado por G.M. Moore, que consistiu em uma crítica da filosofia idealista. Esta tendência obtém continuidade na filosofia do chamado “circulo de Viena” e, decisivamente na filosofia dos “positivistas lógicos”; na reflexão sobre sentido e referência de Gottlob Frege, no pensamento epistemológico de Rudolph Carnap, e na reflexão proposicional de Bertand Russell. O curso visa primazmente se aproximar dos conteúdos e temas abordados por Wittgenstein no Tractatus a partir de suas influências e antecedentes temáticos.

 

Tópicos de Epistemologia II (4 créditos, 60 horas)

Ementa: Nesta disciplina pretende-se que sejam analisados temas e/ou problemas centrais da Epistemologia das Ciências Humanas: a questão da fundamentação e do surgimento destas ciências, os modelos clássicos de explicação científica e a sua aplicabilidade nas Ciências Humanas; interpretação e compreensão dos fenômenos humanos e suas diversas concepções, a questão da possibilidade de objetividade na pesquisa dos fenômenos humanos; a relação das Ciências Humanas com a Filosofia, com as ideologias e com os valores, bem como questões mais pontuais relacionadas com a epistemologia da psicanálise.

 

Tópicos de Estética I (4 créditos, 60 horas)

Ementa: O curso retomará a relação amor (éros), beleza (kállos) e discurso (lógos) na produção (poíesis) poético-filosófica de dois pensadores de períodos distintos da História da Filosofia, Platão e Hölderlin. O elemento norteador do debate pretendido, entre a Antiguidade Clássica e o pensamento moderno, se dará a partir das representações de Diotima, propostas pelo filósofo grego e pelo poeta alemão. Na estrutura discursiva do encômio a éros dito por Diotima a Sócrates, Platão introduz e mescla, no discurso da mulher de Mantineia, a grande especialista nas coisas do amor, a linguagem e as práticas dos mistérios, a recepção de elementos poéticos que remetem ao canto erótico-amoroso de Safo de Lesbos, aliado ao gênero discursivo criado por ele, a prosa filosófica. A tessitura da personagem hölderliana resgata da natureza da personagem platônica, as noções de ambiguidade e alteridade. No discurso hölderliano sobre o amor e a beleza, Diotima, a protagonista de Hipérion e da série de poemas dedicados a ela, na realidade é Susette Gontard, por quem o poeta foi apaixonado. Na releitura da Diotima platônica e da hölderliana, o contraponto entre a beleza visível e a invisível, a divina e a humana, o belo natural e o belo artístico, chave-interpretativa a ligar e a separar dois modos distintos e afins de pensar o amor e a beleza.

 

Tópicos de Estética II (4 créditos, 60 horas)

Ementa: O curso retomará a teoria aristotélica das paixões (pathe) no livro II da Retórica. O eixo condutor do debate que envolve o discurso sobre as afecções do psiquismo (pathemata tes psykhes) nos remeterá à definição da tragédia na Poética e às Bacas de Eurípides, no sentido de observar o papel do lógos, no discurso dos personagens trágicos, como o elemento que impulsiona o movimento entre razão e afecção.

 

Tópicos de Filosofia da Arte (4 créditos, 60 horas)

Ementa: Problematização acerca da relação entre Filosofia e Arte.

 

Tópicos de Filosofia da Ciência (4 créditos, 60 horas)

Ementa: Curso temático sobre problemas e conceitos fundamentais da Filosofia da Ciência. Dar-se-á ênfase a autores significativos no atual debate sobre a Filosofia da Ciência, a saber: Popper e Kuhn.

 

Tópicos de Filosofia da Linguagem (4 créditos, 60 horas)

Ementa: Análise de problemas e temas da Filosofia da Linguagem.

 

Tópicos de Filosofia Política (4 créditos, 60 horas)

Ementa: Análise de problemas e teorias da Filosofia Política.

 

Tópicos de Metafísica I (4 créditos, 60 horas)

Ementa: A disciplina tem por objetivo enfatizar (seja por meio de temas ou autores) os esforços dos mais eminentes filósofos do período moderno, os quais, diante da eficácia metodológica do conhecimento científico consolidado pelo newtonianismo, tentam refundar, ou, em certos casos a anularem, a metafísica que entrara em estado de crise com a ciência do mundo liberto da autoridade teológica e da tradição filosófica escolástica fortemente marcada pelo aristotelismo. Pode-se dizer que a metafísica, ou se quiser a filosofia, de Descartes a Kant, revela-se nas contínuas tentativas do racionalismo moderno para encontrar um novo destino para a ciência primeira.

 

Tópicos de Metafísica II (4 créditos, 60 horas)

Ementa: A disciplina pretende analisar as redefinições e os novos questionamentos, desde o Idealismo Absoluto de Hegel, do conceito de Metafísica, privilegiando posições da Fenomenologia, da Teoria Crítica, da Filosofia Analítica, da Filosofia da Diferença e da Pragmática Transcendental.